sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Audiência pública sobre o EIA/RIMA

A Arvips está convidando os moradores de Vicente Pires para participar hoje (25/09) da audiência pública sobre o EIA/RIMA da cidade. Será às 14 h no Capital Park EPTG.
A Arvips tem um site na internet mas não usa ele para fazer esses avisos. Enquanto isso, fica espalhando faixas nas nossas ruas.

8 comentários:

Anônimo disse...

Além da ARVIPS, só convocar através de faixas, só são colocadas no dia do evento. Queria saber para que tanta gente naquela associação, sendo que até os avisos são atrasados.

Tadeu disse...

Para mim está clara a intenção eleitoreira das faixas.

Anônimo disse...

Até agora não entendi o porque da briga. Temos todos é que nos unir.
Como terminou a reunião?

Anônimo disse...

Esse é o problema da Arvips. Por que não coloca o resultado da audiência pública no seu site na internet?

Anônimo disse...

liguei lá e me falaram que o site está com defeito.
Como terminou a reunião?

cavalcantpac disse...

Vicente Pires tem estudo ambiental aprovado.

CorreioWeb - -05/10/2009 -
O Comitê Gestor do Acordo de Cooperação Técnica entre a União e o Distrito Federal aprovou o Estudo de Impacto Ambiental (EIA-Rima) do Setor Habitacional Vicente Pires. O documento havia sido apresentado aos moradores em audiência pública realizada no dia 25 de setembro.
O grupo se reuniu na última quarta-feira (30/9) para definir o cronograma de ações relacionadas a regularização da cidade. Dentre os pontos principais, está a definição da localização de equipamentos públicos comunitários.
De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Seduma), a União repassará as terras do setor para o GDF, que poderá a partir disso efetuar a venda direta dos terrenos aos moradores. O valor definido pela Terracap é de R$ 70 o m², divididos em 240 parcelas.
A reunião do comitê contou com a presença de 400 pessoas. Segundo a Seduma, o estudo foi feito pela empresa Geológica e apresentado por técnicos do Instituto Brasília Ambiental (Ibram).
Com a aprovação do EIA-Rima, o GDF pode elaborar o projeto urbanístico, que já está em fase final de desenvolvimento. Assim, a regularização definitiva de Vicente Pires fica cada vez mais próxima, o que vai beneficiar pouco mais de 60 mil pessoas

Anônimo disse...

E o lotes em APP?

Fábia disse...

Onde posso conseguir o documento com o EIA/RIMA de Vicente Pires na íntegra?